ERA UMA VEZ...

terça-feira, outubro 17, 2006

TIREM-ME DESTE FILME....

Imaginam o meu espanto hoje , quando ouvi na rádio, uma senhora que faz parte da Associação Nacional de Pais, comentar que os professores tinham direito à greve, MAS...........há sempre um MAS...

MAS, (ESPANTEM-SE SÓ!) os alunos deviam estar assegurados na escola, ou pelos clubes que existem tipo clubes leitura, ciências....

Ora bem, quem é que orienta os clubes??

os professores...que estão em greve logo ....

e se os meninos ficarem na escola?
quem toma conta deles?

Que disparate, claro que são as Auxiliares de Acção Educativa , por exemplo 516 meninos com 8 auxiliares de manhã 8 de tarde...

Tarefa fácil....
Sabem eu adoro ser educadora. Mas se tivesse oportunidade agora deixaria esta profissão. E é com muita tristeza que digo isto.

Os meninos podem bater-nos, cuspir-NOS, insultar,bater-nos são pequeninos, têm sempre razão. Os pais costumavam dizer :"quando for para a escola passa" eu descobri assim , que a porta da escola é mágica, eles (meninos) entram e "voilá" SÃO EDUCADOS, RESPONSÁVEIS, OBEDIENTES...
isto no jardim de infância.

Não queiram saber o que se passa no resto, é de chorar...



Eu nunca trabalho as 7 horas diárias só...(eu trabalho as 35 horas na escola porque sou requisitada, mais o t.e.c (trabalhos em casa que muitas vezes é inevitável, mais as idas à Fnac ao fim de semana para me manter actualizada e comprar o que é preciso....

quero um trabalho de 7 horas diárias que depois de sair à hora, não tenha mais que fazer, senão fazer a minha vida de casa e dar assitência à minha filha (porque também tenho uma vida familiar sabem?!!)

Mas o que me custa mais é que nós, não conseguimos que os outros percebam , entendam o que se passa.
Muitos de nós já nem se lamentam em casa porque mesmo os mais chegados entendem

Lamento-A fotocopiadora avariou.

Resposta_- Então não fazem fichas, não trabalham.

L-Não há tinta nas impressoras

R- Queixem-se ao Agrupamento.

L- Estou a dar o Apoio ao Estudo no refeitório, com o barulho dos tachos, sem quadro, com as empregadas a pôr a mesa...
R- Digam que não trabalham nessas condições

L- Tenho que fazer o Apoio ao estudo na Biblioteca mas só tenho lugar sentado para 10. Onde ponho os outros a fazer os trabalhos? Nem quadro, folhas,

R- A culpa é vossa...digam aos Agrupamentos que não têm condições e eles que falem ao Ministério...

SOCORROOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOO

e por diante.

Eu não tenho jeito para escrever vejam antes o blog do meu amigo Pedro, ele explica-se melhor, eu sou mais de falar olhos nos olhos, isto foi mais um desabafo.

Sabem, é que todas as escolas(na maioria) estão a funcionar assim. ..mas os meninos estão lá todo o dia, e isso é que importa.

amanhã faço greve mas fico a trabalhar em casa.... vou à Fnac comprar os livros para o P.N.de Leitura, vou continuar a preparar o dia das bibliotecas escolares que se comemora a 23 de Outubro , vou começar a fazer os convites para a mini feira de natal em novembro, preparar as cartolinas com actividade deste mês...



será isto greve?

3 Comments:

  • At 19 outubro, 2006, Blogger Pedro_Nunes_no_Mundo said…

    Parecemos um côro das velhas.
    Revoltamo-nos, protestamos, fazemos greve, mas não persiste a impressão de que andamos um bocado a falar sozinhos?

    Quando ALGUMAS PESSOAS nem a voz de 20s e tais mil pessoas ouvem, parece haver pouco a fazer.

    Mas bem visto, 123, não é assim que nos sentimos quotidianamente?
    Isolados, abandonados, ultrapassados por esses tais?

    A diferença é que desta vez não estamos "tão adormecidos", como diz o outro.
    E, surpresa das surpresas, nós temos e podemos fazer valer a nossa força.

     
  • At 20 outubro, 2006, Blogger fios & companhia said…

    É dificil ser profesor nos dias de hoje!

    beijinho

     
  • At 23 outubro, 2006, Anonymous Anónimo said…

    Estou feliz, pois encontrei um desabafo que condiz com o que eu sinto... O pior do filme é a realizadora.

    O que me dá alento é que "Deus tarda, mas não falha." Tenhamos fé também no Sto. António.

     

Publicar um comentário

<< Home